VERNIZ LOCALIZADO

Um dos tipos de acabamento mais utilizados em peças gráficas é o Verniz Localizado.
Trata-se da aplicação de um esmalte em locais específicos do impresso de forma a dar um maior destaque visual a alguns elementos que sejam importantes para a apresentação do trabalho.
A aplicação se dá por meio de uma máscara que indica os locais onde deverão ocorrer o efeito. Esta máscara, assim como o layout do trabalho, deverá estar prevista no arquivo final que irá gerar o impresso.
O Verniz Localizado confere sofisticação a  qualquer material gráfico e é muito usado em peças como convites de casamento e convites de formatura, para destacar os nomes das pessoas envolvidas. Recomendado também para catálogos de produtos ou empreendimentos imobiliários em que alguns elementos devam receber maior visibilidade.
Por se tratar de uma ferramenta que busca realçar alguma parte específica do impresso e que para isso exija um registro perfeito com a imagem, recomenda-se que não seja aplicado em textos ou elementos muito pequenos e nem onde haja uma dobra ou vinco. A rigor o Verniz Localizado  deve constar apenas nos elementos a serem destacados e não deve ser usado de forma indiscriminada no impresso.
Onde aplicado, o Verniz Localizado produz o efeito de um suave relevo podendo ser liso ou texturizado, fosco ou brilhante, com glitter e até aromatizado. Pode ser aplicado em papel de qualquer gramatura (espessura) exceto naqueles muito finos.
Estamos sempre à disposição para uma orientação segura a respeito desse e de outros tipos de acabamento que certamente irão enriquecer o seu projeto gráfico.

Orçamento gráfico

Elaborar um orçamento gráfico pode parecer uma operação complicada mas se algumas providências básicas forem adotadas torna-se uma tarefa de simples execução.

– Informações básicas: Algumas informações básicas são fundamentais para o sucesso de um orçamento, tais como, tipo do produto: catálogo, folder, revista, etc…,  onde e como será utilizado, quantidade, acabamento, custo, forma pagamento,  prazo de execução e logística de entrega. Deve-se sempre orçar mais de uma quantidade pois normalmente quanto maior a quantidade, menor será o preço unitário do material.

– Formato e demais dimensões: importante informar o formato aberto e fechado especificando o local das dobras, quando houver, se serão dobras simples, sanfona, janela, etc…,  e verificar a necessidade de vincos normalmente necessários em papel de alta gramaura.

– Tipos de papel: couchê, reciclato, offset, duplex, cartão, etc…, sempre atentando que existe uma forte relação entre alguns tipos de papel e o tempo necessário para a secagem da tinta. Importante definir a gramatura do papel.

– Número de páginas: Deve-se considerar o número de páginas como o dobro do número de folhas e se serão impressas apenas em uma face ou nas duas, e se serão preto e branco ou coloridas.

– Cores: impressão colorida apenas na frente (4×0); impressão preto e branco apenas na frente (1×0), colorida em ambas as faces (4×4) e assim por diante. Especificar se haverá necessidade de cores especiais (Pantone).

– Acabamento:  os mais usados são o corte reto em guilhotina ou cortes especiais utilizando-se estampa, aplicação de laminação fosca ou brilho (prolan), verniz total ou localizado em partes do impresso, picotes, furos, relevo, tipos de encadernação (wirô, dobra e grampo, colagem, costura)  e outros.

– Entre a elaboração do orçamento e a execução do serviço pode haver um considerável espaço de tempo, portanto, o que foi orçado deverá ficar registrado (normalmente por email)  para que não haja diferencas entre o que estava previsto e o que consta no arquivo a ser enviado para a impressão. Isso ocorre com frequência e pode causar alterações consideráveis nos custos e nos prazos estabelecidos no orçamento inicial.

– Contamos com uma equipe altamente especializada para lhe dar a necessária assesoria nesse assunto e fazer o seu orçamento dentro das possibilidades e necessidades que todo o trabalho gráfico requer.

Tipos de Impressão

Existem várias técnicas de impressão utilizadas de acordo com a sua aplicação, tamanho, material utilizado, quantidade, custo e outras variáveis.Como exemplo, citamos , além do processos offset, a impressão serigráfica em formatos e materiais diversos e a impressão digital de pequenos e grandes formatos (ploter), também em materiais diversos. A seguir descrevemos de forma resumida os três principais processos:

Offset:
É o processo de impressão mais utilizado no segmento gráfico, pois é favorável para a impressão de grandes quantidades em alta resolução. O papel percorre a impressora sem precisar da intervenção humana, porém a máquina necessita de ajustes durante o processo, na quantidade de tinta e água, por exemplo.Nesse processo, a imagem não é impressa diretamente no material. Primeiramente a imagem é gravada em uma chapa metálica e transferida ao papel por meio de cilindros de borracha chamados blanquetas que asseguram a perfeita reprodução final do que está gravado na chapa..

Serigrafia:
Conhecido também como silk-screen, esse processo  envolve uma tela especial e uma moldura, por onde vaza a tinta através de um rodo ou puxador.A tela é gravada pelo processo de foto-sensibilidade a partir de fotolitos (filmes) que guardam os dados da imagem a ser impressa.Podemos encontrar esta impressão em materiais como adesivos, chaveiros, tecidos, canetas, PVC, vidro, madeira, entre outros, com variadas espessuras, tamanhos e cores.

Impressão digital:
Dispensa o uso de chapas ou fotolitos e é feita em máquinas impressoras que imprimem diretamente no papel os dados do arquivo a ser reproduzido. É normalmente utilizada para tiragens de menor volume. Em processo semelhante, porém para grandes formatos, são usadas máquinas digitais chamadas plotter que imprimem, além de papel,  lonas, adesivos e diversos materiais rígidos. O processo de impressão digital vem evoluindo rapidamente muito embora o seu custo/benefício ainda seja menor que o processo offset em grandes tiragens e que requeiram reprodução de imagens de altíssima resolução.

O Click Impresso dispõe de todos esses processos de impressão e os coloca à sua disposição para o sucesso do seu projeto gráfico.

Papéis especiais

Existe uma gama de papeis diferenciados que são usados em materiais que exijam um acabamento sofisticado e destinados a um público específico. Dentre eles citamos alguns:

PAPEL VERGÊ:
O papel vergê é um tipo de papel muito usado para fazer convites de casamento e artesanatos. Ele é mais duro que o papel sulfite e mais fino que a cartolina, e sua textura, em relevo, é levemente rugosa, com pequenas linhas paralelas.
Perfeito para artigos que requerem sofisticação.
O papel vergê é indicado para imprimir certificados, diplomas, convites, folhetos, cartões de visita e até mesmo fazer artesanato.

PAPEL DE LINHO:
O papel de linho é o tipo de papel ideal para quem procura alta qualidade de impressão com sofisticação. Sua superfície é fosca e a textura lembra o tecido linho. Normalmente usado em convites em geral, folhetos, cartões de visitas, embalagens, artesanato, cartazes, fotografias e outros.

PAPEL ASPEN:
O papel aspen é o tipo de papel ideal para impressão de convites de luxo. Liso e brilhante, com aspecto metalizado/perolado, pode ser encontrado em diversas cores. Uma característica interessante deste papel é que a superfície muda de cor de acordo com a luminosidade do ambiente.Utilizado normalmente em peças de luxo, como convites especiais,cartões de visitas e outros artigos que requeiram sofisticação.

PAPEL MAJORCA:
O papel majorca é da mesma linha do papel aspen. Sua superfície é lisa com aspecto metalizado/perolado, e, assim como o aspen, as cores também são influenciadas pela luminosidade do ambiente.Pode ser encontrado em diversas cores, porém, a cor mais comum é o dourado.Também usado em convites em geral, cartões de visitas e outros impressos especiais.

PAPEL VEGETAL:
O papel vegetal é fabricado com fibra de celulose pura, ou seja, sem adição de químicos. Este tipo de papel é muito usado para fazer desenhos, pois possui transparência parcial. Além disso, é excelente para acabamentos de convites.Outro detalhe importante é que a formação do papel é rígida, isso faz com que o papel vegetal possa ser dobrado sem que a fibra seja quebrada.
Utilizdo em sobreposição de convites, artesanato, catálogos e outros impressos especiais.

PAPEL FOTOGRÁFICO:
O papel fotográfico, como o nome já diz, é um tipo de papel para impressão de fotografias. Os mais comuns são compostos do mesmo material que o papel couché, porém, com uma camada extra de polietileno. Essa camada extra adiciona mais resistência e brilho ao papel.
Utilizado em fotografias e provas digitais enviadas para aprovação de clientes.

Em breve voltaremos a esse assunto, sempre lembrando que se tratam de insumos de custo mais elevado e que devem ser utilizados em trabalhos diferenciados que requeiram uma  sofisticação extra.

AO FAZER UMA REVISTA OU UM LIVRO

Existem várias maneiras de alguém ou alguma empresa se expressar, mandar uma mensagem, fazer publicidade de alguma coisa ou mesmo contar uma história. Uma das maneiras, talvez a mais completa, é através de uma revista ou um livro. Para cada caso há variações nos tipos de acabamento que podem interferir no resultado final do seu projeto.
Há vários métodos e tipos de encadernação aplicados sobretudo em livros, revistas e catálogos, com o intuito de facilitar o manuseio e de unir as suas páginas.
É muito comum também o uso da encadernação para a entrega de trabalhos de faculdade ou colégio, confecção de apostilas, e também de documentos de empresas em geral. Mas a encadernação não se resume apenas nisso, há ainda uma extensa gama de possibilidades onde os tipos diferentes de encadernação podem ser aplicados, para propiciar um aspecto diferenciado no design dos materiais, bem como para propiciar o melhor acabamento dos produtos. Veja a seguir, os principais tipos de encadernação disponíveis no mercado.
- O método canoa de encadernação consiste em grampear as folhas, sendo utilizado principalmente em revistas. Nesse tipo de encadernação, o miolo se prende à capa por meio de grampos. Não é muito indicado para volumes com muitas páginas, nem para papéis de alta gramatura, pois isto dificulta a dobra prejudicando do acabamento.
- A encadernação com lombada quadrada pode ter seu miolo colado de diversas maneiras, em métodos mais tradicionais através de costura ou utilizando cola como Hot Melt ou PUR.
Na encadernação com costura, as folhas de cada caderno são unidas por costura na dobra do formato aberto e só então os cadernos são reunidos, lado a lado, com o uso da cola. Mais resistente e de custo maior, a técnica é adequada para impressos com mais de 200 páginas e que exijam apresentação mais nobre ou destinada a grande manuseio (como livros didáticos).
- Já nos processos com cola HotMelt ou PUR, as colas são aplicadas à quente, não é necessário dobras, pode-se fazer com as folhas soltas (o número total de páginas precisa ser par). Quando o papel utilizado no miolo é mais encorpado, é comum a aplicação de vinco na capa, em torno de 5mm de distância da lombada. Adequada para revistas mensais, com volumes entre 40 e 200 páginas.
- Um dos mais populares tipos de encadernação se dá por meio da técnica espiral. Para tanto, são feitos furos mecânicos nas folhas e na capa, introduzindo-se nos buracos o espiral normalmente plástico. Por ser um material mais econômico é muito utilizado principalmente para apostilas e materiais didáticos. Em breve voltaremos ao assunto para estudarmos outros tipos de encadernação e variados tipos de capas.

Mensagens

Toda vez que se imprime algo estamos querendo passar uma mensagem, uma informação ou qualquer outro motivo que nos faça gravar em um material aquilo que queremos expressar.
Dependendo do motivo pelo qual faremos essa impressão deveremos adotar procedimentos que variam de acordo com a nossa necessidade. Existem diversos materiais como formatos variados que se adequam àquilo que nós queremos transmitir.
- papel: usado em impressões em geral, de diferentes espessuras (também chamadas gramaturas) , tonalidades e texturas, que influenciam diretamente no sucesso do seu impresso. Existem tipos de papel que realçam ou amortecem o brilho das imagens, papeis específcos para receber escrita, para materiais de escritório, cartões de visita, papel de qualidade fotográfica utilizado em fotolivros, papéis coloridos onde se sobrepõe a impressão, papeis destinados  exclusivamente à impressão de revistas, catálogos ou jornais, enfim uma enorme variedade de alternativas que devemos estudar e dentre elas escolher a que mais nos convém.
- adesivo: usado para ser fixado a uma superfície sólida que poderá ser reutilizada ou não depois de adesivada. Existem vários modelos de adesivos que permitem impressões brilhantes ou foscas, adesivos transparentes geralmente colados por dentro de vidros com a leitura se dando por fora ou simplesmente aplicados de forma a deixar visível a superfície onde ele foi colado, adesivos bloqueados que não permitem a passagem de luz, adesivos específicos para uso decorativo aplicados em paredes, pisos ou móveis em geral e ainda os adesivos removíveis que depois de aplicados podem ser removidos sem deixar na superfície vestígios de sua aplicação. Muito usado também em material de divulgação ou publicidade.
- lona: usada para a impressão de banners, faixas, frontlights e backlights (dependendo de onde incide a luz), toldos e outros usos domésticos e profissionais, 
requer uma impressão em máquinas específicas que permitem trabalhos de grandes formatos de variadas resoluções de imagem (dependendo da distância em que o material normalmente será observado) . 
_ placas de PVC ou poliestireno: usadas para a feitura de painéis a serem fixados em paredes ou expostos a diversas distâncias. Possuem dimensões variadas, como a espessura que interfere diretamente no peso da peça e na maior ou menor passagem da luz. São fornecidas em tamanhos diversos que possiblitam impressões visíveis a grande distância e com boa qualidade de resolução de imagens. 
Fica evidente que cada trabalho que imaginamos deve ser pensado levando-se em consideração esses e outro fatores. Um material adequado a cada tipo de impressão é fundamental para o sucesso do que desejamos produzir, realçando a qualidade, viabilizando menores prazos e diminuindo custos.
O ClickImpresso estará sempre à disposição para dar a orientação correta quanto ao uso desses e de outros materias, de forma a satisfazer as mais rigorosas exigências em termos de atendimento, qualidade e preço justo.

MATERIAIS DE ESCRITÓRIO

ocê que é um profissional liberal, tem um pequeno negócio ou precisa ter seu nome divulgado no mercado em que atua, a exemplo do que ocorre nas grandes empresas vai precisar dispor de material personalizado de trabalho. São os chamados materiais de escritório ou papelaria. Os mais comuns são:
- Pasta: a pasta normalmente é usada para o armazenamento e transporte de outros materiais menores e pode ter diversos formatos e características dependendo do seu uso. Pode ter um lombada caso o material no seu interior seja de maior espessura, normalmente tem uma bolsa colada no verso para que se guarde folhas de uso regular e essa bolsa pode ter pequenas estampas que servem para fixar a ela cartões de visita. Pode ter no meio apenas um vinco que permita uma dobra simples sem a necessidade de lombada ou ainda possuir "unhas" que são pequenas estampas que permitem que materiais sejam grampeados na pasta.
- Folha timbrada: normalmente no formato A4 (21x29,7cm), em papel com superfície fosca que facilite a escrita manual e que contenha os seus dados profissionais mais relevantes, ou seja, um cabeçalho com a sua marca personalizada, como um logotipo, e um rodapé em que apareçam seus dados de contato como endereço, telefone e e acesso a redes sociais. Ao fundo, quem sabe,  uma impressão rebaixada, tipo marca d'áqua, cuja aplicação não interfira visualmente na escrita a ser aplicada.
- Cartão de visita: como o nome já diz é o acessório principal de sua apresentação pessoal junto ao cliente. Além dos dados profissionais que lhe identifiquem com clareza, deve conter recursos de acabamento que tornem essa peça atraente aos olhos de quem a recebe. Verniz localizado nas pontos mais relevantes a serem destacados associado à plastificação fosca que lhe confere acabamento nobre, estampas como cantos arredondados e outros artifícios que tornem o seu cartão de visita uma peça diferenciada são itens fundamentais na momento da divulgação do seu nome.
- Blocos de anotações: Normalmente em formato A4 ou A5 (15x21cm) pode ser composto por capa mais contracapa, com miolo de folhas destacáveis, coladas, grampeadas ou fixadas por espiral ou airô. A arte da capa geralmente lembra a pasta e a do miolo, a folha timbrada. O papel utilizado deve priorizar a escrita manual e ter seu layout compativel com o restante do material de divulgação.
- Envelopes: De diversas formas e tamanhos, verticais ou horizontais, com abertura lateral ou superior, utiliza papel mais espesso e resistente e sua arte deve lembrar as artes das demais peças.
São essas, basicamente, as peças mais utilizadas como "material de escritório" e a elas podem ser acrescidas outras alternativas que aprimorem os caminhos utilizados na promoção da sua marca.
A Impresul e o ClickImpresso possuem inúmeras sugestões e ferramentas para que você crie as suas próprias artes ou imprima da forma mais eficiente, rápida e barata aquilo que você idealizou. Nosso pessoal de atendimento estará sempre à disposição para orientá-lo nesse sentido.

Solicitando um Orçamento

Ao desejarmos produzir um impresso nos vem à mente ao menos três requisitos que devem ser cumpridos para que estejamos satisfeitos: qualidade, preço e prazo de entrega.
O sucesso de cada trabalho depende, muitas vezes, de como será concebido para que atenda a esses três fatores.
Na elaboração do arquivo a ser impresso deve-se levar em consideração aquilo que pode facilitar ou dificultar a impressão propriamente dita. Nem tudo o que a tela do computador nos mostra é viável de ser impresso e, mesmo que seja, nos levará a um alto custo de produção que irá se refletir no preço final a ser pago. Formas de acabamento e tamanhos nem sempre devidamente estudados também influenciam no preço final e, principalmente, no prazo de entrega desejado. O ClickImpresso tem no seu setor de orçamento as pessoas indicadas a oferecer as melhores alternativas para um projeto gráfico. A finalidade que será dada ao impresso determina que substrato deverá ser utilizado, desde o papel até materiais mais elaborados como lonas, adesivos e polímeros específicos para impressão. Para cada substrato utilizam-se variados tipos de tinta em formas de impressão e acabamento também diversificadas. E para cada uma dessas combinações existem maneiras diferentes de criar os arquivos, de forma a facilitar tanto a impressão como o acabamento e, consequentemente, o prazo de entrega e o respectivo preço a ser pago. Ao orçar esses trabalhos você deverá ser alertado para isso. O ClickImpresso está capacitada a produzir qualquer tipo de impresso mas tem por filosofia de trabalho ser parceira do cliente e orientá-lo nas escolhas que melhor se adequem às suas necessidades. Os profissionais de criação, orçamento e vendas do ClickImpresso estão treinados a lhe oferecer as alternativas que mais favoreçam os aproveitamentos de material. Formatos inadequados podem levar a um consumo excessivo de material. Alguns acabamentos mais sofisticados influenciam principalmente nos prazos de entrega e um arquivo criado sem orientação técnica poderá, em muito casos, dificultar a impressão. O ClickImpresso , com seu parque gráfico voltado a atender todo o tipo de impressão, entende que qualidade não se resume tão somente ao visual e o acabamento do material impresso mas é composta, também, pelo atendimento diferenciado de profissionais capacitados que irão fazer com que o seu impresso seja atrativo, barato e entregue no prazo que você imaginou.

Falando em Prazos

Toda vez que você pensa em um material gráfico, seja ele qual for, deve atentar para as dificuldades de execução que poderão ocorrer devido a algumas das suas escolhas.
Nem sempre os prazos de entrega que você necessita poderão ser cumpridos pela gráfica à qual você irá recorrer.
Características próprias do substrato em que o material será impresso podem ocasionar dificuldades na hora da impressão e até do acabamento a ser dado ao trabalho. Exemplo disso são os papeis foscos ou ásperos cuja textura, em alguns casos, requer um tempo maior de secagem da tinta. 
Você deve atentar também para o acabamento a ser dado depois que o material está impresso. Por exemplo: quanto maior for o número de dobras do trabalho, maior é o tempo necessário para executá-las. Cantos arredondados, também requerem cortes especias com estampas ou máquinas específicas para esse fim. Laminação ou plastificação de págnas também exigem um cuidado maior para que não descolem do impreso depois de aplicado. Na arte a ser desenvolvida, em casos de maior urgência, recomenda-se o uso de cores leves, não muito carregadas, porque, além de apresentarem maior dificuldade na impressão, elas muitas vezes influenciam sobremaneira na aplicação de outros materiais que serão usados no acabamento que você escolher.
No caso do ClickImpresso, essas dificuldades, apesar de existirem, são minimizadas pela atuação de pessoal altamente especializado e a utilização de modernos equipamentos cuja função é exatamente essa: cumprir o prazo que você deseja sem abrir mão da qualidade que você exige. Tudo o que você encontra  ou encomenda no ClikImpresso é produzido internamente na própria empresa sem recorrer a qualquer terceirização que poderia de alguma forma prejudicar os seus prazos desejados. As entregas são programadas com antecedência para que você fique tranquilo de que o seu trabalho, além da qualidade superior que você deseja, seja entregue na sua mão e na hora certa que você espera.

O ClickImpresso quer interagir com você.

Agora você pode criar seus próprios trabalhos acessando o site do Click.
Além das muitas opções que o site disponibiliza, você pode ainda contar com a ajuda especializada de profissionais dedicados à criação de trabalhos.
Imagine que você queira criar um impresso, seja ele um folder, uma pasta, uma folha timbrada com o sua identificação, cartões de visitas, convites ou outras peças, agora você mesmo pode criar a arte desses trabalhos a partir das ferramentas de criação que o ClickImpresso coloca a sua disposição.
Você acessa o site do Click e logo vai se deparar com o Click Fácil. Isso o levará a um sem número de alternativas de criação de diferentes impressos com as mais variadas finalidades e com as cores e os tamanhos que voce imaginou e, como o nome já diz, tudo facilitado para você. Basta seguir o caminho que o Click Fácil lhe sugere e você poderá estar criando as peças conforme o seu gosto. Depois vêm as demais etapas do processo, como impressão e acabamento, tudo com a qualidade que caracteriza o serviço do ClickImpresso.
Você poderá, ainda, criar seu próprio Fotolivro. O Click disponibiliza uma área do Click Fácil para que você adicione as suas fotos preferidas e escolha a arte que mais lhe agrade. Assim o seu Fotolivro estará quase pronto. Se o tempo for curto você pode fazer tudo isso em apenas 5 minutos, utilizando o módulo “auto completar” que você vai encontrar quando estiver criando e editando o seu Fotolivro.Caso necessite, recorra aos profissionais de criação do Click que esses irão lhe orientar nos detalhes finais. O ClickImpresso se encarregará de imprimir essa sua criação em alta resolução e com acabamento esmerado para que você possa eternizar no papel os seus momentos especiais.
Caso você deseje, o Click ainda poderá imprimir as suas fotos individualmente, com qualidade fotográfica de alta resolução, por menos de R$ 0,30 cada uma.
Consulte nossa tabela de preços e desfrute de todas as vantagens que o ClickImpresso lhe proporciona.